quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

CLUBE DA TEOLOGIA: ESCOLA DOMINICAL - Conteúdo da Lição 2 - Revista d...

CLUBE DA TEOLOGIA: ESCOLA DOMINICAL - Conteúdo da Lição 2 - Revista d...: Sinais que Antecedem a Volta de Cristo 10 de Janeiro de 2016 TEXTO ÁUREO “E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegar...

CLUBE DA TEOLOGIA: ESCOLA DOMINICAL - Conteúdo da Lição 2 - Revista d...

CLUBE DA TEOLOGIA: ESCOLA DOMINICAL - Conteúdo da Lição 2 - Revista d...: Casamento, Uma Instituição Divina 10 de janeiro de 2016 Texto Áureo “E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja s...

O papel da ovelha é apenas obedecer?

Será que podemos olhar com bons olhos tudo o que está acontecendo dentro das Igrejas e ministérios? Ou não podemos ter um senso crítico no que diz respeito à ética no âmbito cristão? Ou as lideranças estão acima de tudo e de todos  será que não estão vendo que às vezes há atitudes que na verdade são inversões de valores vão totalmente contra o que o Senhor recomenda.
O papel da ovelha é apenas obedecer? Será que devemos ser coniventes com corrupção e outros erros ?
O pastor não foi chamado por Deus para ser um estrategista Prepotente que abusa do seu poder e autoridade. , ou melhor, onde ninguém pode falar e nem opinar algo, pois se isto acontecer já é tido como “Rebeldia pois Jesus Cristo  disse: “Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho. “E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa de glória” – I Pe 5.2-4.
O problema hoje é que muitos estão se prevalecendo da palavra de Deus como: "Não amordace o boi enquanto ele estiver debulhando o cereal". Por acaso é com bois que Deus está preocupado? Não é certamente por nossa causa que ele o diz? Sim, isso foi escrito em nosso favor. 1 Coríntios 9:9-10. Cristo disse: "... àqueles que pregam o evangelho, que vivam do evangelho". 1 Coríntios 9:14. Paulo disse: "Os presbíteros que lideram bem a igreja são dignos de dupla honra, especialmente aqueles cujo trabalho é a pregação e o ensino..." 1 Timóteo 5:17. 17 ,Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, Hebreus 13:17 , Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.Malaquias 3:10.Para manipular o povo de Deus distorcendo a verdade do evangelho para benefícios parópios.

Se esquecem da:ética no âmbito cristão a bíblia diz se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja. Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento, que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia.” 1Tm 3. 1 ao 4.
Não avarento. Quer dizer que o pastor ou bispo não deve ser sovino, mesquinho, e não deve ter amor ao dinheiro (avareza), que é “a raiz de toda espécie de males” (1Tm 6,10). O pastor não deve viver em função de dinheiro ou de bens materiais. Sua missão é elevadíssima, e deve focar-se no amor às almas ganhas para Cristo, que ficarão aos seus cuidados ministeriais.
O próprio apostolo Paulo nos diz em : 2 Tessalonicenses 3
7Pois vocês mesmos sabem como devem seguir o nosso exemplo, porque não vivemos ociosamente quando estivemos entre vocês,
8nem comemos coisa alguma à custa de ninguém. Ao contrário, trabalhamos arduamente e com fadiga, dia e noite, para não sermos pesados a nenhum de vocês,
9não porque não tivéssemos tal direito, mas para que nos tornássemos um modelo para ser imitado por vocês.
10Quando ainda estávamos com vocês, nós ordenamos isto: Se alguém não quiser trabalhar, também não coma.
11Pois ouvimos que alguns de vocês estão ociosos; não trabalham, mas andam se intrometendo na vida alheia.
12A tais pessoas ordenamos e exortamos no Senhor Jesus Cristo que trabalhem tranquilamente e comam o seu próprio pão.
13Quanto a vocês, irmãos, nunca se cansem de fazer o bem.

O dizimo é para sustento da  obra de Deus. O pastor recebe o sustento que vem destas ofertas, conforme o que cada Igreja determina como sendo o melhor.
Mas o  Pastor não é o dono do dízimo e nem da sua Igreja, (não é ele que deve decidir tudo , mas o grupo que administra) simplesmente é um instrumento nas mãos de Deus para tornar presente a obra divina no meio dos homens.
Por isso é que deve ser respeitado a ética cristã.
ÉTICA CRISTÃ:
É o estudo de como os homens devem viver do modo como foi informado
pela Bíblia, pela tradição e pelas convicções cristãs.
Stelio Rega explica que ética cristã “ é a visão a partir da interpretação dos textos Bíblicos, mas é um tema pouco presente na agenda das igrejas” ( O desafio de um cristianismo Ético).

O teólogo Emil Brunner citado por Matos (2011) no artigo “As bases bíblicas da ética cristã” declarou que:
“a ética cristã é a ciência da conduta humana que se determina pela conduta divina. Os fundamentos da ética cristã encontram-se nas Escrituras do Antigo e do Novo Testamento, entendidas como a revelação especial de Deus aos seres humanos”.

A ética é importante no sentido de nos orientar quanto aos valores e deveres de uma perspectiva correta, a perspectiva de Deus. Há momentos em que as escolhas e as decisões precisão ser tomadas baseadas em valores morais e éticos corretos para não acarretar em prejuízo para a caminhada espiritual.
Para o escritor Matos (2011) “Se fosse possível declarar em uma só sentença a totalidade do dever social e moral do ser humano, poderíamos fazê-lo com as palavras de Jesus: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento”… e amarás o teu próximo como a ti mesmo”. (Mt 22, 37 e 39)”

2.1 Princípios da Ética Cristã Evangélica:
Eles se baseiam no pressuposto de que cada obreiro é livre e responsável para assumir postura condizente com sua condição de “homem” ou “mulher” de Deus.
Ao se examinar a Palavra de Deus, encontram-se alguns princípios que, estabelecidos, trarão qualidade ao relacionamento e à vida dos membros da igreja (Filipenses 4.8 e Lucas 6.36).

1. Verdade: honestidade no trato de uns com os outros;
2. Respeito: à pessoa e dignidade de cada um;
3. Justiça: não negar os direitos e o bom nome que cada um construiu;
4. Pureza: no relacionamento;
5. Amabilidade: gentileza e cavalheirismo;
6. Confiança: mútuo sentimento resultante de relacionamento sadio;
7. Misericórdia: capacidade de relevar, perdoar e amar, mesmo quando insultados.

As pessoas tem feito uma opção errada e tem vivido na contramão da ética. Stanley Grenz no livro A busca da Moral, da Editora vida, afirma que: “o mundo vive no meio de uma crise de moralidade e que há um declínio da influência da Igreja na sociedade ocidental”.
Segundo o Dicionário Aurélio Buarque de Holanda, ÉTICA é "o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana susceptível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal, seja relativamente à determinada sociedade, seja de modo absoluto”.
As diversas visões filosóficas da ética podem confundir. Entretanto, o cristão deve basear-se na Palavra de Deus para fazer o que é certo e deixar o que é errado. É a nossa regra de fé e prática. É o código de regra do Cristão, especialmente do pastor ou ministro do evangelho. A ética cristã não depende da situação, dos meios ou dos fins (ler Sl 119.105).
Ec 12.13 De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentosporque este é o dever de todo homem.
Todo o livro de Eclesiastes deve-se interpretar segundo o contexto deste seu penúltimo versículo. Salomão começou com uma avaliação negativista da vida como vaidade, algo irrelevante, mas no fim ele conclui com um sábio conselho, a indicar onde se pode encontrar o sentido da vida. No temor de Deus, no amor a Ele e na obediência aos seus mandamentos, temos o propósito e a satisfação que não existem em nada mais.
Salomão reencontrou-se com DEUS no fim de sua vida e num relance de meditação em sua vida, percebe que gastou seu tempo em vaidades e que o mais importante na verdade é temer a DEUS e guardar sua palavra.
Sl 111.10  O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que lhe obedecem; o seu louvor permanece para sempre.
Pv 9.10  O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo, a prudência.
Os diversos meios de se estudar e praticar a ética, na visão humana são falhos tal qual os homens; por isso devemos sempre ter como regra básica de vida e conduta, a palavra de DEUS, que é guia para nosso caminhar aqui na terra e luz para nosso caminho.
Sl 119.105 Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.
Mq 6.8 Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor requer de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benevolência, e andes humildemente com o teu Deus?
Is 58.6 Acaso não é este o jejum que escolhi? que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo? e que deixes ir livres os oprimidos, e despedaces todo jugo?
Devemos nos lembrar sempre que em Ezequiel 34:1-4 diz, E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas?
Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas.
As fracas não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.Ezequiel 34:1-4
Li um texto em: http://www.abiblia.org/ver.php?id=4186  onde dizia que uma das maiores finalidades dos dízimos e ofertas seria sanar uma desigualdade social, 
Mas vivemos uma realidade bem diferente algumas igrejas com templos que até parece um palácio para abrigar os membros por um  curto período nos dias de culto,e muitas   famílias vivendo em condições precárias.

Uns adoram em palácios e outros em casebres.
Mas se é uma das finalidades o combate a desigualdade social como posso eu sendo líder religioso viver em grande conforto desfrutar dos melhores carros e casas enquanto  algumas ovelhas mau tem o necessário para a sobrevivência .quando reflito sobre este assunto me alegro de um exemplo do Pastor da Assembléia de Deus Ministério Lagoinha, Fábio Mendonça, que também é sargento da Polícia Militar da 25ª CIA em Cabo Frio, resolveu utilizar as doações arrecadas para construir casas para os membros que não tem moradia.Fonte: www.portalserido.com.br/pastor-usa-dizimo-para-construir-casas-para-quem-nao-tem-moradia/

Me lembro também de uma matéria da escola biblica que dizia que a Igreja é um agente transformador da sociedade Fonte:http://www.escola-dominical.com/2011/08/licao-08-igreja-agente-transformador-da_14.html e sendo assim para se transformar uma sociedade não se pode fazer vistas grossas a determinadas atitudes e muito menos fazer se de sego por medo de ser um ato de rebeldia .

O papel da ovelha é apenas obedecer?
A igreja tem que vigiar os lideres em que está empregando as finanças da igreja, pois ela é explicita em seus deveres; ajudar os órfãos, as viúvas e os necessitados e os lideres prestar conta a igreja mensalmente , e o relatório ser colocado no mural para não ter duvidas para onde foram as finanças; por entender assim a nação faz sua parte deixando a igreja isenta de impostos , mas tem lideres desonrando a todos investindo as finanças em mídias, fazendas, apartamentos ,luxos,Devemos sim obediência aos lideres porem  não devemos nos deixar ser manipulados por ninguém,pense nisso:

Jesus nos exortou a ficarmos atentos porque no final dos tempos teríamos pessoas com sutis prodígios que se possível fosse enganariam até os escolhidos, veja: Mateus 24:24"...porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos."