Luz.com.

sábado, 13 de maio de 2017

REFLEXÃO SOBRE ROMANOS 7:24 "MISERÁVEL HOMEM QUE SOU. QUEM ME LIVRARÁ DO CORPO DESTA MORTE?"



REFLEXÃO SOBRE ROMANOS 7:24 "MISERÁVEL HOMEM QUE SOU. QUEM ME LIVRARÁ DO CORPO DESTA MORTE?"

Ao lermos este versículo temos que buscar compreender todo o seu contesto e saber identificar o sentido real da mensagem.

Pois no contrário podemos interpretar equivocadamente muitas vezes ouço irmãos citar esse versículo dizendo que a carne é fraca como se nós Cristãos estivéssemos vivendo na escravidão do pecado, e isso acaba contradizendo as próprias palavras de Paulo narradas em: Efésios 2:1,7

E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,
Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência;

Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.

Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,
Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)

E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;
Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus.

Precisamos nos perguntar o que é essa lamentável situação que Paulo está descrevendo em Romanos 7?

 A quem ele está se referindo?

 Porque ele está usando está passagem como se estive a aplicando para si próprio?

Por que ele está falando no presente como se fosse algo que está acontecendo agora?

 E para responder estas perguntas nós precisamos ler o contexto das frases acima, todo Romanos 7.
Examinando cuidadosamente, Romanos 7 mostra que seu tema principal é a lei e com o objetivo de mostrar que era impossível para alguém que tinha apenas a natureza pecadora de Adão cumprir esta lei.

 Para dizer isso, Paulo está usando a primeira pessoa do singular no presente figurativamente, não literalmente.

Mesmo que pareça que ele se referindo de si mesmo, ele faz isso apenas no sentido figurado, colocando a si mesmo na posição daqueles a quem essas coisas eram diretamente aplicáveis.

Para deixar claro este ponto vamos ver os versos 7-9 de Romanos 7:
“Que diremos pois? É a lei do pecado? De modo nenhum: mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás.
 Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, obrou em mim toda a concupiscência: porquanto sem a lei estava morto o pecado. E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri. ”

Paulo não estava vivo na época em que não se tinha lei, mas, ele figurativamente colocou si mesmo na posição das pessoas que estavam vivas dizendo “Eu vivia”.
Note que também na próxima parte da passagem ele diz: “Mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri. ”
Sabemos que o mandamento veio com Moisés e Paulo não estava vivo ainda.
Este fato deixa claro que naquela narrativa ele estava usando a si mesmo de forma figurativa.
 O mesmo padrão podemos observar em todo o capitulo 7 de Romanos.
Paulo se usa e muitas vezes o presente para descrever que era uma situação do PASSADO.
A razão pela qual ele fez isso é fazer a situação mais vívida e o contraste com a situação descrita em Romanos 8 deixando ainda mais clara.
 Seu objetivo principal em Romanos 7 é mostrar que sem Jesus Cristo embora essa lei fosse boa, santa e justa era impossível ser cumprida por pessoas que tinha apenas suas naturezas pecaminosas e carnais.

Sendo assim podemos concluir que nós não somos escravos, do pecado.
Com Jesus Cristo em nosso viver não estamos mais “submissos ao pecado”.
Pois  Cristo nosso salvador, veio, deu a si mesmo como  sacrifício e nos fez livres do pecado de uma vez por todas .
Portanto,sendo nascidos de novo   Glorifiquemos o nosso Senhor  que  nos deu seu filho para , nos libertar desta terrível situação .
Lembrando que embora nós estivemos uma vez “mortos em ofensas e pecados.Jesus nos faz novas Criaturas como vemos em:
Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.
Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.
Romanos 5:18,19

Que o Espirito Santo possa falar melhor em vossos corações.
JCB 13-05-2017

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Batalha Espiritual


Muitos não entendem o que vem a ser uma Batalha Espiritual trata -se de uma força sobrenatural do inimigo de nossa alma contra a nossa vida tanto no sentido espiritual como no físico também vemos em Apocalipse 12:9 vemos
O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra.
E estão furiosos, pois querem fazer com que o ser humano perca o que lhe foi prometido e por isso O Diabo, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Como podemos ver em: 1 Pedro 5:8, Muitas vezes ele tem usado pessoas para fazer suas vontades na vida do Cristão .
Quantas vezes pessoas se levantam contra você sem nenhum motivo ou começam a fazer intrigas com seu nome as vezes ate pessoas que nós estamos a ajudar de alguma forma , ou pessoas no trabalho ou alguém que te fecha no transito quase causando um acidente.
E por muitas vezes isso nos deixa extremamente irritado, quase a ponto de perder a razão mas devemos estar cientes que embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo.
2 Coríntios 10:3-5
Aqui estão algumas formas do seu agir:
a) Engano e mentiras;
b) Ódio e desânimo;
c) Orgulho e vaidade;
d) Violência e intrigas;
e) Articulação;
f) Manipulação;
g) Acusação;
h) Escravidão (sexo, drogas, poder e fama, etc.);
i) Heresias;
j) Opressão (ameaças e perseguição);
k) Possessão e outros…
O diabo não vem senão para matar, roubar e destruir. Ele odeia o homem porque este foi criado à imagem e semelhança de Deus. O Diabo não escolhe idade nem respeita ninguém. Portanto, o crente deve estar preparado para lutar contra os principados.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Igrejas nos dias atuais apenas instituições com motivações duvidosas ou organismo vivo a serviço de Deus


Boa tarde na Paz do Senhor Jesus Cristo, também não sou a favor dos modelos de congregação de hoje sendo mais instituição que visa o material.
Mas não podemos negar à utilidade de um lugar para todos juntos cooperando em amor a Deus e aos outros irmãos possamos crescer e ajudar outros a crescer por isso peço que leiam o texto que vou postar aqui uma reflexão sobre Efésios: 4. 10
Efésios: 4. 10. Aquele que desceu é também o mesmo que subiu muito acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.
Jesus Cristo cumpriu tudo certo?
11. E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres,
Ele deixou cada um dos irmãos para um propósito específico conforme o seu querer para o aperfeiçoamento dá obra certo?
 12. tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
Quem é o corpo de Cristo acima citado?
 13. até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;
 14. para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro 
O que vem a ser essas fraudulências e maquinação do erro?
15. antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
16. Do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor.
No meu ver o ser bem ajustado e cooperar para o crescimento nada mais é que a igreja de Deus congregação (juntos cooperando em tudo que for útil para a propagação do evangelho de Jesus Cristo)
17. Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que não mais andeis como andam os gentios, na vaidade da sua mente,
Essa vaidade da mente muitas vezes vem a ser a atitude de se achar dono da verdade e auto-suficiente, muitas vezes chegamos ao culto com muita angustia pelas tribulações deste mundo, e der repente Deus usa algum irmão ou irmã para falar ao nosso coração seja com um louvor, um testemunho ou um versículo.
18. Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
No verso
 Acima vemos o motivo pelo qual muitos não querem congregar mais por se decepcionar com os que fazem dá obra de Deus um meio de enriquecimento à custa do povo menos instruído, é aí que vemos também a importância do ajuntamento, Assembléia e congregação, pois quando realizada com o intuito é propósito dado por Deus serve para impedir os que busca conhecer a verdade venha ser enganado por esses lobos.
19. Os quais, tendo-se tornado insensíveis, entregaram-se à lascívia para cometerem com avidez toda sorte de impureza. 20. Mas vós não aprendestes assim a Cristo. 21. Se é que o ouvistes, e nele fostes instruídos, conforme é a verdade em Jesus, 22. A despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; 23. A vos renovar no espírito da vossa mente; - Bíblia JFA
Sabemos que quando estamos em Cristo nova criatura somos e não tem como sendo novo em Cristo praticar o engano sendo assim podemos ser utilizado por Deus para combater as mentiras e ciladas do inimigo de nossa alma.
O inimigo tem atacado a verdadeira igreja que somos nós com essas divergências de opiniões e divisões do corpo de Cristo, pois o corpo bem ajustado não tem como ser derrotado.
O maior problema hoje é que muitos estão na igreja, e não em Jesus Cristo devemos sim estar congregados, mas acima de tudo Devemos estar em Cristo.
Não é justo generalizar todos os servos de Deus tachando o como artista fazendo encenação em palcos.
Muitos estão agindo como Jacó, ignorando a presença divina onde estão (Gn 28.16,17)
Sempre que formos ao culto congregacional, devemos imaginar a grandeza e a majestade de Deus, e com certeza a nossa adoração será diferente!

O mesmo temor e reverência a Deus exigido no AT são requeridos da igreja No NT:
A Bíblia nos ordena que sirvamos ao Senhor em reverência (Hb 12.18-29).
As igrejas eram edificadas andando no temor do Senhor (At 9.31)
Pedro nos recomenda: “Andai em temor na vossa peregrinação” (1Pe 1.17)
Temer a Deus é compreender quão grande, poderoso e santo Ele é em contraste como nossa fraqueza e quão diferentes de Cristo nós somos (Hb 2.9).
Por mais que tenha os lobos em pele de cordeiro querendo usar onome de Deus para enriquecimento ilícito ainda existem muitos que não se rendem ao sistema religioso corrompido.
O mais importante é que possamos estar unidos para aprender com o Senhor Jesus Cristo como Nos é recomendado em:
I CORÍNTIOS Cap. 1
2 à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para serem santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:
Bíblia Sagrada - (Mobidic)


quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

PREGAÇÃO AOS ESPÍRITOS EM PRISÃO E BATISMO PELOS MORTOS: QUAL É A VERDADE BÍBLICA?








1-QUEM SÃO OS ESPÍRITOS EM PRISÃO PARA OS QUAIS JESUS PREGOU? (I PEDRO 3:18-21).
 Ao lermos  o  capitulo 3 do verso 18 ao 21 podemos perceber que esses espíritos em prisão  eram os Homens antes do diluvio que estavam “presos” pelas cadeias do pecado (Provérbios 5:22). Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;
No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;
Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água;
Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo;
1 Pedro 3:18-21
(Vemos que fica claro que o capitulo se refere  a pregação feita aos homens  presos nas cadeias do pecado a  Bíblia usa o termo “espírito em referência a pessoas vivas como pode ser visto em: 1 Cor. 16:18, Gál. 6:18 “e Heb. 12:22 e 23)
2- ESTARIA ESSA PASSAGEM ENSINANDO QUE JESUS EVANGELIZOU O INFERNO?
Não  a interpretação equivocada da esta impressão  a oportunidade de salvação só existe nessa vida como pode ser visto em: 2 Coríntios 6:1, 2; E nós, cooperando também com ele, vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão
(Porque diz:Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação;eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação).
 Hebreus 3:13: 13 Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado,
3- O TEXTO TAMBÉM FALA EM BATISMO PELOS QUE JÁ MORRERAM. PODEMOS REALIZAR NOS DIAS DE HOJE ESTE TIPO DE BATISMO?
Batismo pelos mortos não é citado em nenhum lugar da Bíblia alem disso  2-Co 6,1e2  deixa claro que  o dia da salvação é o aqui e agora bem como em :Eclesiastes 9:5-6, 10
4- PREGAÇÃO AOS ESPÍRITOS EM PRISÃO E BATISMO PELOS MORTOS: QUAL É A VERDADE BÍBLICA E QUAL É A SUA OPINIÃO A RESPEITO?
O meu entender sobre esta questão é que quando  se fala em pregação aos espíritos serefere a pessoas presas no pecado, A Bíblia é clara na questão de que  asalvação vem pelo Crer como esta escrito : Marcos 16,16 “Aquele que crer e for batizado será salvo. Todavia, quem não crer será condenado!”
 Atos 2:38). Somos salvos pela graça mediante a fé, não por obras (Ef 2:8-9; Tt 3:5-7; Rm 4:5). Além disso, nada podemos fazer para obter a salvação para outra pessoa. Cada um tem de pessoalmente crer (Jo 1:12). Cada pessoa tem de fazer a sua livre escolha (Mt 23:37; 2 Fe 3:9).
Sendo assim sabemos que não podemos crer por ninguém  logo essa   doutrina de BATISMO PELOS MORTOS não passa de uma interpretação equivocada
Pois ali o apostolo estava fazendo uma defesa de sua fé na ressurreição como pode se perceber nos versos: 1 Coríntios 15,17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados.
52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
53 Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
54 E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.
55 Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?
56 Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
57 Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.
Concluindo devemos lembrar dos versos 33 e 34 do mesmo capitulo para que ninguém venha a nos confundir .              João C laudioBueno 29/12/2016


terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Yeshua Hamashia ou Jesus Cristo qual seria o verdadeiro nome do Salvador?


Yeshua Hamashia ou Jesus Cristo  qual seria o verdadeiro nome do Salvador

Bom dia na paz do Senhor Jesus Cristo  para  esclarecer quais quer duvidas quanto ao  significado da palavra :Yeshua Hamashia  que também pode ser escrito em hebraico, que é a língua sagrada dos judeus, a grafia é exatamente a mesma do aramaico. O nome Yeshua é escrito também como Yehoshua, traduzido em português.

 Os nomes Yeshua Hamashia também pode ser escrito como Yeshua Meshiach. Yeshua Hamashia significa Jesus Cristo, o Messias.
É um termo em aramaico, que era a língua falada por Jesus que deu origem a diversos idiomas falados até hoje.

Temos conhecimento de  alguns movimentos, como os Testemunhas de Yehoshua (além de outros), que alegam que  o nome do Messias. Não  é Jesus  e que todos os que buscam salvação em Jesus não a obteram pois o salvador é Yeshua Hamashiach ישוע המשיח.
Vamos  analizar  o significado e origem destes nomes:

YEHOSHUA(יהושע) Josué, e é o nome completo de Jesus, Yeshua Hamashiach ישוע המשיח (transliterado ao grego Yeshua fica: Ιησου'α, "Iesua"/"Ieshua" [também Ιησου'ς, "Iesu' "/"Ieshu' "/"Iesus"]; Yehoshua [יהושוע/ יְהוֹשֻׁעַ‎] fica: Γεχοσούαχ) (em árabe Yeshua fica: يسوع "Yesu' "/"Yesua"/"Yasu' "/"Yasua"/"Yashua"; Yehoshua fica: يوشع "Yeusha"/"Y'usha"/"Yusha"/"Yush'a"/"Yushua"/"Y'ushua").

 É histórica e arqueologicamente comprovado que o nome do Messias não é "Yaohushua", "Yehoshua", mas sim, "Yeshua". Obs: "sh" faz som de "x".

Em outras palavras: o nome original, de berço, do nosso Messias é Yeshua mesmo. "Yehoshua" é Josué em hebraico. Mas, após o cativeiro babilônico, o nome "Yehoshua" foi compactado para a forma "Yeshua" (é interessante que Yeshuá [com h no final] em hebraico significa "salvação". Quanto à raiz, Yeshua é de origem aramaica, mas foi absorvida pela língua hebraica. 

Por conseguinte, na língua hebraica o Nome do Messias é Yeshua). Isto pode ser visto claramente em qualquer exemplar do "Antigo Testamento" em hebraico nas seguintes passagens: Nechemyah (Neemias) 7:7; 10:9, etc.

Mesmas está escrito "Jesua", mas no original está Yeshua. Sem sombra de dúvida, Yeshua foi o nome dado ao nosso Messias conforme Matityáhu (Mateus) 1:16 e Lucas 2:21. 

Lembre-se de que Miriam (Maria) não falava grego e tampouco Gabriel conversou com ela em grego a respeito.

O hebraico é uma língua que se caracteriza por "trocadilhos". Já com o próprio nome do Messias, constatamos isto: "Ve hí iolédet ben vecaráta et shmô YESHUA, ki HU YOSHÍA et amô" - "E ela (Miriam) conceberá um filho e chamará seu nome YESHUA, porque ELE SALVARÁ o seu povo" (Matityáhu - Mateus 1:21).

Existem também provas arqueológicas. Por exemplo: O nome YESHUA aparece num documento do uádi Murrabbat; ele aparece na linha 4. Cf. Inscriptions Reveal, Museu de Israel, Jerusalém, nº 100, 1972, nº 193.

O fato de falar "Jesus" não leva ninguém a perder a vida a salvação. Quantas pessoas não foram  curadas e receberam bênçãos  com esse nome?

É  verdade que o nome do Messias não é "Jesus"pois vemos  que o  nome dado pelo mensageiro Gabriel a Maria (do nome hebraico מרים, transl. Miriam )para ser colocado no Messias é YESHUA.

 Mas, sabemos s que quando os cristãos falam "Jesus", estão se referindo unica e exclusivamente  ao Messias de Israel e não a outro deus muito menos a um deus cavalo! embora este não seja Seu Nome original. 

 Sabemos também que  nossos  irmãos Japoneses  o chamam :
 Iesu kirisuto Jesus Cristo – (イエス) キリスト),

Os chineses o chamam :
Yēsū jīdū   (耶穌基督)

Os Arabes o Chamam : yaswe kryst(يسوع كريستو)

Como vemos em cada nação se pronuncia de forma diferente mas a intenção do coração do individuo  é  louvar e engrandecer ao todo poderoso único e suficiente Salvador que  pode nos Dara salvação  como ele mesmo nos afirmou em : 

João 14:6.
“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”

Por isso esta escrito :

13“E ouvi toda a criatura no céu, na terra, no mar, e todos os seres que vivem proclamarem: “Aquele que esta sentado no trono e ao Cordeiro pertencem o louvor, a honra, a glória e o domínio pelos séculos dos séculos!”(Apocalipse 5,13).

Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.Tiago 2:1

Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco, as quais devo da mesma maneira trazer; elas ouvirão minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. João 10,16
  

Conclusão 

Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.1 Timóteo 2:5,6

Seja na língua que for escrito e traduzido por quantas civilizações for sabemos que o nosso redentor é o unigênito filho do Deus altíssimo o  Deus que se fez homem para nos mostrar que podemos vencer o mau. Aquele que rasgou o véu que nos separava de Deus
Que Deus venha falar melhor em cada coração e que a gloriosa paz que só ele pode nos dar repousem em cada um de nós.

Fonte:


sábado, 17 de dezembro de 2016



“O amor seja sem hipocrisia



  •  O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegando-vos ao bem.” (Romanos 12.9) “Que o amor seja, etc”. Passando agora a falar de funções específicas, o apóstolo Paulo começa, apropriadamente, com o amor, que é o vínculo da perfeição.
  •  E em relação a isso, ele ordena o que é especialmente necessário, para que todos os disfarces sejam postos de lado, de modo que o amor surja a partir de uma pura sinceridade de espírito.
  •  É realmente difícil expressar quão ingênuos são quase todos os homens ao fingirem um amor que eles realmente não têm, pois não somente enganam os outros, como também persuadem a si mesmos, enquanto se convencem de que aqueles que não são amados fraternalmente por eles, a quem eles não apenas negligenciam, mas que realmente desprezam.
  •  Por isso Paulo declara aqui, que o amor é somente aquele que é livre de toda dissimulação. E qualquer um pode facilmente ser um testemunho de si mesmo, se ele tem alguma coisa no recôndito de seu coração que se opõe ao amor. 
  • As palavras “mal” e “bem”, que seguem imediatamente no contexto, não têm aqui um sentido geral; senão que o mal é para ser interpretado como aquela maldade maliciosa através da qual os homens são injuriados; e o bem como aquela bondade, pela qual a ajuda é prestada a eles; e há aqui uma antítese habitual que encontramos nas Escrituras, quando os vícios são primeiramente proibidos e, em seguida, as virtudes são recomendadas. 2 Quanto ao imperativo, ἀ ποστυγούντες, não tenho seguido nem Erasmo nem os antigos tradutores, que têm interpretado “odiar” (odio habentes),
  •  Porque no meu entendimento Paulo teve a intenção de expressar algo mais; e dar ao termo o significado “se afastando”, (do mal) porque corresponde melhor à frase imediatamente oposta; pela qual ele não somente nos manda exercer bondade, como também se apegar a ela. Texto de João Calvino, traduzido e adaptado por Silvio Dutra.