Luz.com.: Reflexão sobre á musica Sabor de mel.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Reflexão sobre á musica Sabor de mel.


  O agir de deus é lindo na vida de quem é fiel no começo tem provas amargas
mas no fim tem o sabor do mel.
Eu nunca vi um escolhido sem resposta porque em tudo deus lhe mostra uma solução até nas cinzas ele clama e deus atende lhe protege lhe defende com as suas fortes mãos.você é um escolhido e a tua história não acaba aqui você pode estar chorando agora mas amanhã você irá sorrir.Deus vai te levantar das cinzas e do pó deus vai cumprir tudo que tem te prometido você vai ver a mão de deus te exaltar quem te vê há de falar ele é mesmo o escolhido.Vão dizer que você nasceu pra vencer que já sabiam por que você tinha mesmo cara de vencedor e que se deus quer agir ninguém pode impedir então você verá cumprir cada palavra que o senhor falou quem te viu passar na prova e não te ajudou quando ver você na benção vão se arrepender vai estar entre a platéia e você no palco.vai olhar e ver Jesus brilhando em você quem sabe no teu pensamento você vai dizer meu deus como vale a penaa gente ser fiel .Tem sabor de mel, tem sabor de mel, a minha vitória hoje tem sabor de mel.Deus vai te levantar das cinzas e do pó deus vai cumprir tudo que tem te prometidovocê vai ver a mão de deus te exaltar quem te vê ha de falar ele é mesmo um escolhidovão dizer que você nasceu pra vencer que já sabiam por que você tinha mesmo a cara de vencedore que se deus quer agir ninguém pode impedir então você verá cumprir cada palavra que o senhor falou.quem te viu passar na prova e não te ajudou quando ver você na benção vão se arrependervai estar entre a platéia e você no palco vai olhar e ver Jesus brilhando em você na verdade a minha prova tinha um gosto amargo, mas minha vitória hoje tem sabor de meltem sabor de mel tem sabor de mel  a minha vitória hoje tem sabor de mel tem sabor de meltem sabor de mel, mas minha vitória hoje tem sabor de mel.Minha vitória  hoje tem sabor de mel minha vitória hoje tem sabor de mel.vai estar entre a platéia e você no palco vai olhar e ver Jesus brilhando em você .mas minha vitória hoje tem sabor de mel.  


  Na verdade a minha prova tinha um gosto amargo, mas minha vitória hoje tem sabor de mel.
  Quem sabe no teu pensamento você vai dizer meu deus como vale a pena agente ser fiel
  Muitas pessoas têm taxado esta musica como herética dizendo que a frase: quem te viu passar na prova e não te ajudou
  Quando ver você na benção vão se arrepender, ínsita ao sentimento de vingança mas vejo de modo contrario pois quando Jó passava por tantas aflições como é de conhecimento de todos três dos seus amigos foram acusados por Deus é interessante notar que, em todos os discursos, os amigos de Jó não acusaram a deus, mas a Jó. Eles acharam que quem é o culpado do sofrimento e que deus é justo. Porém, Deus disse no final: “não dissestes de mim o que era reto, como o meu servo jó (jó.42.7)”. O senhor considerou as acusações equivocadas dos amigos de Jô como acusações diretas a ele mesmo e, portanto, acusou deles de terem falado mal.  Outro aspecto para observar é que os amigos de jó, ao invés de consolarem ele, buscaram repreendê-lo e acusa-lo. Eles criam que Jó estava sofrendo por causa dele ter pecado contra Deus.
  Quantas vezes as pessoas apontam o dedo e julgam o cristão que passa por uma prova como se o que ele esta passando fosse a retribuição por algum pecado escondido.
  Se assemelham com os amigos de Jó e ai então só resta a estes quando ver o crente  na benção ,se arrepender


Conclusão
Com certeza o crente  vai dizer meu deus como vale a pena agente ser fiel minha prova tinha um gosto amargo
  Podemos concluir então que se bem interpretada a musica nada mais é que um alerta aos que tem costumes de julgar sem conhecimento de causa que podem estar trazendo juízo pra si mesmo com tais pensamentos.

 Vemos em:(1 Pe.2.20-21). Pedro afirma que fomos chamados para sofrer junto com Cristo. Portanto, não nos apresemos para julgar alguém que está padecendo e diz ser justo diante do Senhor. Consolemos os corações abalados e confortemos vidas que sofrem dificuldades sem reconhecerem uma causa justificada para isso. Também não achemos que uma dificuldade tem a ver com um pecado. Claro que o Senhor usa muitas vezes essas dificuldades para moldar as nossas vidas, mas entendamos assim em primeiro lugar, não acusemos nem a outros nem a nós mesmos se não entendemos no momento a causa do nosso sofrimento. Lembremos como disse João:

 “E nisto conheceremos que somos da verdade, bem como, perante ele, tranqüilizaremos o nosso coração; pois, se o nosso coração nos acusar, certamente, Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas. Amados, se o coração não nos acusar tem confiança diante de Deus” (1. Jo.3.19-21).

Que o Senhor nos ajude a não sermos vistos diante dEle como os três amigos de Jó!