segunda-feira, 2 de maio de 2016

Apóstolos nos dias atuais

Apóstolos nos dias atuais?



Alguns teólogos afirmam que o ministério apostólico é perpétuo e que o livro de Atos ainda continua a ser escrito por santos homens de Deus, os quais, mediante a sua autoridade apostólica, agem em nome do Senhor.
Até aqui de certa forma concordo  que com nosso agir de forma ética dando os frutos do espirito a história continua a ser escrita .mas este movimento afirma que Deus tem muita coisa nova para dizer e para revelar aos seus santos através de seus apóstolos. 
E ai começam a introduzir ensinos de palavras destorcidas para tira proveito da fé do povo.
É curioso observar como algumas igrejas evangélicas tem facilidade em aceitar novidades.
 E é triste verificar a falta de empenho dos cristãos em observar as Escrituras e analisá-las com  cuidado. 
Triste também é saber que poucas são as igrejas que motivam seus membros ao estudo  da Bíblia, ao aprofundamento teológico, a formação de grupos de estudo e discussão sobre as doutrinas cristãs e que verifiquem na Bíblia se as coisas realmente são como é pregado. 
Aliás, não é pecado analisar se os ensinos e a pregação estão em conformidade com as Sagradas Escrituras (Atos 17.10-11).
A palavra "apóstolo" significa aquele que é enviado numa missão. A Bíblia geralmente emprega este termo para os apóstolos de Cristo. Eles eram doze homens especialmente escolhidos por Cristo para estarem com ele e para serem enviados a pregar (estude Marcos 3:13-19). Muitas vezes eles foram simplesmente chamados "os doze". O número doze tinha uma história de grande importância entre o povo de Deus (doze filhos de Jacó e doze tribos de Israel).
Os doze tinham uma missão muito importante. Para cumprir esta missão, eles receberam o batismo do Espírito Santo, para que pudessem ser guiados em toda a verdade (João 14:26; 15;26-27; 16:7-15; Atos 1:8; 2:1-4). 
Eles revelaram esta verdade nas Escrituras, que são o nosso padrão nos dias atuais (Efésios 3:5; 2 Pedro 3:2; Judas 17). Os apóstolos foram testemunhas oculares Cristo ressuscitado (Lucas 24:48; Atos 1:8,22; 2:32; 3:15; 4:33; 5:32; 10:39-41; 13:31; 1 Pedro 5:1; 1 João 1:2). Somente eles foram capazes de conceder os dons espirituais, impondo suas mãos sobre os outros (Atos 8:14-18). 
Os apóstolos fazem parte da fundação da igreja, tendo o próprio Jesus Cristo como a pedra angular principal (Efésios 2:20; Apocalipse 21:14).
Os doze apóstolos foram selecionados inicialmente pelo Senhor. Judas caiu porque pecou e por isso foi excluído (Atos 1:20, 25); como resultado, Matias foi escolhido para ficar no seu lugar (Atos 1:16-26). Note atentamente que uma das qualificações que Matias tinha que cumprir, para poder ser selecionado, era ter visto o Senhor ressuscitado (Atos 1:22). 
Mais tarde, Paulo foi selecionado de uma maneira especial para ser o apóstolo enviado para os gentios (Atos 9:15; 22:14-15; 26:16-18; Gálatas 1:15-17; 1 Timóteo 2:7). 
Esta é a razão porque o Senhor lhe apareceu, uma vez que ele não teria as qualificações para ser um apóstolo, se não tivesse visto o Senhor depois de sua ressurreição (note 1 Coríntios 9:1-2; 15:8; Atos 22:15; 26:16).
Conforme vemos na lição 6 da Escola bíblica dominical de 11 de Maio de 2014
O ministério apostólico atual é uma doutrina formada pela igreja romana e, infelizmente, copiada por algumas evangélicas para justificar a existência do poder papal. 
O ministério dos doze não se repete mais. O que há é o ministério de caráter apostólico.
 Atualmente, missionários enviados para evangelizar povos não alcançados pelo Evangelho são dignos de serem reconhecidos como verdadeiros apóstolos de Cristo. Homens como John Wesley, William Carey (cognominado “pai das missões modernas”), Hudson Taylor,  D. L. Moody, Gunnar Vingren, Daniel Berg, “irmão André” e tantos outros, em tempos recentes, foram verdadeiros desbravadores apostólicos. Cidades e até países foram impactados pela instrumentalidade desses servos de Deus.
Fonte:http://www.pastormarioluna.com.br/site/category/ebd/2o-trimestre-2014/
Os apóstolos que a igreja tem hoje em dia são os mesmos que teve desde a escolha de Paulo.
 Eles permanecem no fundamento da igreja, onde o Senhor os colocou, e não há razão para procurar substituições. Através do Novo Testamento, que eles escreveram, eles continuam a ensinar e a guiar o povo de Deus.
 Seria impossível para alguém hoje ser um novo apóstolo, porque Paulo foi o último a ver o Senhor (1 Coríntios 15:7-9), e alguém tinha que ver o Senhor para ser qualificado, para ser escolhido pelo Senhor como um apóstolo (Atos 1:22).
 A presença de impostores modernos não nos deveria surpreender (2 Coríntios 11:13), mas precisamos testá-los e rejeitá-los (Apocalipse 2:2). 

Não temos novos apóstolos hoje em dia, nenhum destes que se intitulam apóstolos se sujeitaria a ser preso por não negar sua fé ou seria capaz de colocar sua própria vida em risco em nome de Jesus Cristo .
Em muitos destes ministérios cristo nem se quer é o centro de suas pregações fala se mais em curas prosperidades e bens materiais .mas devemos nos lembrar sempre que para ter o melhor desta terra não é preciso destas profetadas e novas formulas ensinadas por tais pessoas basta apenas  seguir :
E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus:Bendito serás na cidade, e bendito serás no campo.Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais; e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas.Bendito o teu cesto e a tua amassadeira.Bendito serás ao entrares, e bendito serás ao saíres.
Deuteronômio 28:1-6