Luz.com.: O papel da família no desenvolvimento de cada indivíduo

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

O papel da família no desenvolvimento de cada indivíduo


Sabemos que Se designa por família o conjunto de pessoas que possuem grau de parentesco entre si e vivem na mesma casa formando um lar. uma instituição responsável por promover a educação dos filhos e influenciar o comportamento dos mesmos no meio social. O papel da família no desenvolvimento de cada indivíduo é de fundamental importância. É no seio familiar que são transmitidos os valores morais e sociais que servirão de base para o processo de socialização da criança, bem como as tradições e os costumes perpetuados através de gerações.
O ambiente familiar é um local onde deve existir harmonia, afetos, proteção e todo o tipo de apoio necessário na resolução de conflitos ou problemas de algum dos membros. As relações de confiança, segurança, conforto e bem-estar proporcionam a unidade familiar.  Fonte:http://www.significados.com.br/familia/
Mas a base da família tem sido bombardeada tanto por forças espirituais como por descuido dos lideres familiares , o pai já não é um referencial para os filhos, filhos cada vez respeitam menos seus pais , irmãos vivem como se estivessem em uma interminável concorrência querendo ser melho que o outro em tudo,como diz em:Mateus 24:12-13  E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." 
Podemos ver que o amor já esta mais que frio esta gelado  mas devemos lembrar que a parte b do verso  diz :Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo."
O conceito maior da palavra "irmão" é para designar um amigo muito próximo ,mas em nossos dias o mais comum é ver irmãos como verdadeiros inimigos, e muitas vezes este sentimento é despertado ou até impulsionado por quem deveria influenciar   o comportamento dos mesmos para a paz.
Mas o fator mais relevante desta situação é que os sacerdotes do lar estão cada vez mais negligentes com suas responsabilidades.
Muitos se esqueceram que Antes de ser sacerdote na igreja, o homem tem que ser sacerdote na sua própria casa: 
“É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher... e que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito (pois, se alguém não sabe governar a própria casa, como governará a Igreja de Deus?)“ (I Timóteo 3:2a, 4 e 5) Hebreus 8:3). Da mesma forma relata , o marido é o responsável pela vida espiritual do seu lar.
Deus planejou tão bem a vida do ser humano que deixou tudo registrado como podemos ver em :(2 Crônicas 20.13)Todo o Judá estava em pé diante do Senhor, como também as suas crianças, as suas mulheres e os seus filhos.”  
Não vemos com tanta frequência pais e filhos reunidos falando do amor de Deus .
o mais comum hoje é ver cada um em seus quartos fazendo as atividades individualmente como se apenas vivessem debaixo do mesmo teto  mas será que isso é família? Sera que foi isso que Deus planejou ?
Certamente não e foi por saber que o egoismo e desamor tomaria conta do nosso ser é que ele nos recomenda o amor  .como vemos em Romanos 5

Ao esquivar-se disso o chefe de família torna -se tão responsável quanto  Adão pelo erro de Eva. Não se trata do chefe de família ser um sacerdote como nos moldes vetero-testamentário, entretanto o Novo Testamento deixa bastante claro que ao homem foi designando o papel de liderança espiritual  mas isso não deixa as esposas sem responsabilidades  pois ela foi feita a ajudadora  conforme esta escrito em :
(Gn 2:18“Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea” )
como diz o  texto do site do  Ministério Internacional da Restauração. 
A pressão socioeconômica e a necessidade de possuir tudo que agrada os olhos e favorece conforto, tem arrancado pais e mães de dentro de casa. As longas jornadas de trabalho, horas extras, serviço extra, bico extra, qualquer coisa extra, que gere um dinheirinho a mais é o que importa. Pais ausentes nos lares tornaram-se o fator número um de grandes distâncias e conflitos de gerações. Os filhos são criados por todo mundo, menos pelos pais, além do que a realização profissional para as mulheres desta geração é mais importante do que a educação e cuidado com sua família. Os filhos comem em seus quartos ou na frente da TV. Papai e mamãe  estão tão cansados que mal podem perceber aquelas pequenas criaturas dentro de casa. 
A vida moderna tem nos distanciado cada vez mais do verdadeiro sentido  da vida.
Tudo que somos e fazemos contribui pra Deus saber se podemos compartilhar a eternidade com Ele nos céus,Jesus Cristo é o quem nos conduzbpara uma eternidade repleta de paz!
por isso não  nos deixemos levar pelas coisas atraentes, fáceis deste  do mundo!

Vamos nos entregar sim as coisas do Bem, as coisas que são até difíceis, mas são o motivo pelo qual fazemos parte da humanidade!
Vamos voltar a ser agentes transformadores da sociedade.
Lembrando sempre que A responsabilidade dos pais é dever irrenunciável. Essa prerrogativa leva em conta a vulnerabilidade da criança e do adolescente, seres em desenvolvimento que merecem tratamento especial. Nesse sentido, o ordenamento jurídico brasileiro atribui aos pais certos deveres, em virtude do exercício do poder familiar.
A Constituição Federal, em seu artigo 227, atribui à família o dever de educar, bem como o dever de convivência e o respeito à dignidade dos filhos, devendo esta sempre primar pelo desenvolvimento saudável do menor. O artigo 229 da Constituição Federal, também atribui aos pais o dever de assistir, criar e educar os filhos.
Devemos então buscar o concerto de nosso altar ou base espiritual e pedir a Deus sabedoria para dirigir nossas famílias  que o Senhor Jesus Cristo possa falar melhor em nossos corações a este respeito.