Luz.com.: Dezembro 2016

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

PREGAÇÃO AOS ESPÍRITOS EM PRISÃO E BATISMO PELOS MORTOS: QUAL É A VERDADE BÍBLICA?








1-QUEM SÃO OS ESPÍRITOS EM PRISÃO PARA OS QUAIS JESUS PREGOU? (I PEDRO 3:18-21).
 Ao lermos  o  capitulo 3 do verso 18 ao 21 podemos perceber que esses espíritos em prisão  eram os Homens antes do diluvio que estavam “presos” pelas cadeias do pecado (Provérbios 5:22). Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;
No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;
Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água;
Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo;
1 Pedro 3:18-21
(Vemos que fica claro que o capitulo se refere  a pregação feita aos homens  presos nas cadeias do pecado a  Bíblia usa o termo “espírito em referência a pessoas vivas como pode ser visto em: 1 Cor. 16:18, Gál. 6:18 “e Heb. 12:22 e 23)
2- ESTARIA ESSA PASSAGEM ENSINANDO QUE JESUS EVANGELIZOU O INFERNO?
Não  a interpretação equivocada da esta impressão  a oportunidade de salvação só existe nessa vida como pode ser visto em: 2 Coríntios 6:1, 2; E nós, cooperando também com ele, vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão
(Porque diz:Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação;eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação).
 Hebreus 3:13: 13 Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado,
3- O TEXTO TAMBÉM FALA EM BATISMO PELOS QUE JÁ MORRERAM. PODEMOS REALIZAR NOS DIAS DE HOJE ESTE TIPO DE BATISMO?
Batismo pelos mortos não é citado em nenhum lugar da Bíblia alem disso  2-Co 6,1e2  deixa claro que  o dia da salvação é o aqui e agora bem como em :Eclesiastes 9:5-6, 10
4- PREGAÇÃO AOS ESPÍRITOS EM PRISÃO E BATISMO PELOS MORTOS: QUAL É A VERDADE BÍBLICA E QUAL É A SUA OPINIÃO A RESPEITO?
O meu entender sobre esta questão é que quando  se fala em pregação aos espíritos serefere a pessoas presas no pecado, A Bíblia é clara na questão de que  asalvação vem pelo Crer como esta escrito : Marcos 16,16 “Aquele que crer e for batizado será salvo. Todavia, quem não crer será condenado!”
 Atos 2:38). Somos salvos pela graça mediante a fé, não por obras (Ef 2:8-9; Tt 3:5-7; Rm 4:5). Além disso, nada podemos fazer para obter a salvação para outra pessoa. Cada um tem de pessoalmente crer (Jo 1:12). Cada pessoa tem de fazer a sua livre escolha (Mt 23:37; 2 Fe 3:9).
Sendo assim sabemos que não podemos crer por ninguém  logo essa   doutrina de BATISMO PELOS MORTOS não passa de uma interpretação equivocada
Pois ali o apostolo estava fazendo uma defesa de sua fé na ressurreição como pode se perceber nos versos: 1 Coríntios 15,17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados.
52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
53 Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
54 E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.
55 Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?
56 Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
57 Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.
Concluindo devemos lembrar dos versos 33 e 34 do mesmo capitulo para que ninguém venha a nos confundir .              João C laudioBueno 29/12/2016


terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Yeshua Hamashia ou Jesus Cristo qual seria o verdadeiro nome do Salvador?


Yeshua Hamashia ou Jesus Cristo  qual seria o verdadeiro nome do Salvador

Bom dia na paz do Senhor Jesus Cristo  para  esclarecer quais quer duvidas quanto ao  significado da palavra :Yeshua Hamashia  que também pode ser escrito em hebraico, que é a língua sagrada dos judeus, a grafia é exatamente a mesma do aramaico. O nome Yeshua é escrito também como Yehoshua, traduzido em português.

 Os nomes Yeshua Hamashia também pode ser escrito como Yeshua Meshiach. Yeshua Hamashia significa Jesus Cristo, o Messias.
É um termo em aramaico, que era a língua falada por Jesus que deu origem a diversos idiomas falados até hoje.

Temos conhecimento de  alguns movimentos, como os Testemunhas de Yehoshua (além de outros), que alegam que  o nome do Messias. Não  é Jesus  e que todos os que buscam salvação em Jesus não a obteram pois o salvador é Yeshua Hamashiach ישוע המשיח.
Vamos  analizar  o significado e origem destes nomes:

YEHOSHUA(יהושע) Josué, e é o nome completo de Jesus, Yeshua Hamashiach ישוע המשיח (transliterado ao grego Yeshua fica: Ιησου'α, "Iesua"/"Ieshua" [também Ιησου'ς, "Iesu' "/"Ieshu' "/"Iesus"]; Yehoshua [יהושוע/ יְהוֹשֻׁעַ‎] fica: Γεχοσούαχ) (em árabe Yeshua fica: يسوع "Yesu' "/"Yesua"/"Yasu' "/"Yasua"/"Yashua"; Yehoshua fica: يوشع "Yeusha"/"Y'usha"/"Yusha"/"Yush'a"/"Yushua"/"Y'ushua").

 É histórica e arqueologicamente comprovado que o nome do Messias não é "Yaohushua", "Yehoshua", mas sim, "Yeshua". Obs: "sh" faz som de "x".

Em outras palavras: o nome original, de berço, do nosso Messias é Yeshua mesmo. "Yehoshua" é Josué em hebraico. Mas, após o cativeiro babilônico, o nome "Yehoshua" foi compactado para a forma "Yeshua" (é interessante que Yeshuá [com h no final] em hebraico significa "salvação". Quanto à raiz, Yeshua é de origem aramaica, mas foi absorvida pela língua hebraica. 

Por conseguinte, na língua hebraica o Nome do Messias é Yeshua). Isto pode ser visto claramente em qualquer exemplar do "Antigo Testamento" em hebraico nas seguintes passagens: Nechemyah (Neemias) 7:7; 10:9, etc.

Mesmas está escrito "Jesua", mas no original está Yeshua. Sem sombra de dúvida, Yeshua foi o nome dado ao nosso Messias conforme Matityáhu (Mateus) 1:16 e Lucas 2:21. 

Lembre-se de que Miriam (Maria) não falava grego e tampouco Gabriel conversou com ela em grego a respeito.

O hebraico é uma língua que se caracteriza por "trocadilhos". Já com o próprio nome do Messias, constatamos isto: "Ve hí iolédet ben vecaráta et shmô YESHUA, ki HU YOSHÍA et amô" - "E ela (Miriam) conceberá um filho e chamará seu nome YESHUA, porque ELE SALVARÁ o seu povo" (Matityáhu - Mateus 1:21).

Existem também provas arqueológicas. Por exemplo: O nome YESHUA aparece num documento do uádi Murrabbat; ele aparece na linha 4. Cf. Inscriptions Reveal, Museu de Israel, Jerusalém, nº 100, 1972, nº 193.

O fato de falar "Jesus" não leva ninguém a perder a vida a salvação. Quantas pessoas não foram  curadas e receberam bênçãos  com esse nome?

É  verdade que o nome do Messias não é "Jesus"pois vemos  que o  nome dado pelo mensageiro Gabriel a Maria (do nome hebraico מרים, transl. Miriam )para ser colocado no Messias é YESHUA.

 Mas, sabemos s que quando os cristãos falam "Jesus", estão se referindo unica e exclusivamente  ao Messias de Israel e não a outro deus muito menos a um deus cavalo! embora este não seja Seu Nome original. 

 Sabemos também que  nossos  irmãos Japoneses  o chamam :
 Iesu kirisuto Jesus Cristo – (イエス) キリスト),

Os chineses o chamam :
Yēsū jīdū   (耶穌基督)

Os Arabes o Chamam : yaswe kryst(يسوع كريستو)

Como vemos em cada nação se pronuncia de forma diferente mas a intenção do coração do individuo  é  louvar e engrandecer ao todo poderoso único e suficiente Salvador que  pode nos Dara salvação  como ele mesmo nos afirmou em : 

João 14:6.
“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”

Por isso esta escrito :

13“E ouvi toda a criatura no céu, na terra, no mar, e todos os seres que vivem proclamarem: “Aquele que esta sentado no trono e ao Cordeiro pertencem o louvor, a honra, a glória e o domínio pelos séculos dos séculos!”(Apocalipse 5,13).

Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.Tiago 2:1

Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco, as quais devo da mesma maneira trazer; elas ouvirão minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. João 10,16
  

Conclusão 

Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.1 Timóteo 2:5,6

Seja na língua que for escrito e traduzido por quantas civilizações for sabemos que o nosso redentor é o unigênito filho do Deus altíssimo o  Deus que se fez homem para nos mostrar que podemos vencer o mau. Aquele que rasgou o véu que nos separava de Deus
Que Deus venha falar melhor em cada coração e que a gloriosa paz que só ele pode nos dar repousem em cada um de nós.

Fonte:


sábado, 17 de dezembro de 2016



“O amor seja sem hipocrisia



  •  O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegando-vos ao bem.” (Romanos 12.9) “Que o amor seja, etc”. Passando agora a falar de funções específicas, o apóstolo Paulo começa, apropriadamente, com o amor, que é o vínculo da perfeição.
  •  E em relação a isso, ele ordena o que é especialmente necessário, para que todos os disfarces sejam postos de lado, de modo que o amor surja a partir de uma pura sinceridade de espírito.
  •  É realmente difícil expressar quão ingênuos são quase todos os homens ao fingirem um amor que eles realmente não têm, pois não somente enganam os outros, como também persuadem a si mesmos, enquanto se convencem de que aqueles que não são amados fraternalmente por eles, a quem eles não apenas negligenciam, mas que realmente desprezam.
  •  Por isso Paulo declara aqui, que o amor é somente aquele que é livre de toda dissimulação. E qualquer um pode facilmente ser um testemunho de si mesmo, se ele tem alguma coisa no recôndito de seu coração que se opõe ao amor. 
  • As palavras “mal” e “bem”, que seguem imediatamente no contexto, não têm aqui um sentido geral; senão que o mal é para ser interpretado como aquela maldade maliciosa através da qual os homens são injuriados; e o bem como aquela bondade, pela qual a ajuda é prestada a eles; e há aqui uma antítese habitual que encontramos nas Escrituras, quando os vícios são primeiramente proibidos e, em seguida, as virtudes são recomendadas. 2 Quanto ao imperativo, ἀ ποστυγούντες, não tenho seguido nem Erasmo nem os antigos tradutores, que têm interpretado “odiar” (odio habentes),
  •  Porque no meu entendimento Paulo teve a intenção de expressar algo mais; e dar ao termo o significado “se afastando”, (do mal) porque corresponde melhor à frase imediatamente oposta; pela qual ele não somente nos manda exercer bondade, como também se apegar a ela. Texto de João Calvino, traduzido e adaptado por Silvio Dutra.