Luz.com.: Março 2016

terça-feira, 22 de março de 2016

O amor entre Davi e Jonatas



Vemos em 1- a Samuel cap.18 verso um escrito Ora, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas ligou-se a alma de Davi, e Jônatas o amou como a sua própria alma.
 Este capítulo todo tem sido interpretado erroneamente por parte de alguns para tentar justificar praticas abomináveis, muitos interpretaram o amor entre Davi e Jônatas como um tipo de homossexualismo, porem se lermos toda a história narrada no livro de 1- Samuel vemos que o sentimento que é demonstrado ali é de uma amizade verdadeira e um amor puro fraternal o amor Ágape.
Para entender melhor isso devemos observar o relacionamento de Jônatas com Saul sob dois ângulos.
 Em primeiro lugar, quanto à ser membro da família Real, e em segundo, quanto à sua posição de cidadão.
 Quanto à família, ele era filho de Saul, e isto requeria um relacionamento de filho para pai. 
Mas quanto à sua posição de cidadão, Saul era rei de Jônatas. E Jônatas via seu pai como rei, um rei abandonado por Deus pois este deixara de observar as ordenanças e preceitos de Deus. 
Por isso Jônatas tinha que se colocar entre a cruz e a espada, numa posição muito delicada. 
Saul representava o governo de um homem que sobressaía de todo o povo, mas que era destituído do Espírito de Deus.
 Jônatas reconheceu em Davi o rei ungido por Deus. E ele sabia que já não havia esperança para seu pai. 
Por isso, Jônatas fez uma escolha. Ainda que Saul fosse seu pai, ele resolveu se identificar com Davi e participar da mesma sorte com ele.
 Formou uma aliança com Davi pois identificava em Davi o temor de Deus mas ao mesmo tempo ele tinha que se equilibrar com muito cuidado, pois continuou morando na corte de seu pai e comendo na mesa real. 
Ele era o herdeiro de um trono, no entanto fizera uma aliança de sangue com um homem que em breve seria banido da sua pátria. 
Jônatas se equilibrou naquela corda bamba de uma forma admirável!
 E assim Jônatas disse a Davi: “O que tu desejares, eu te farei”. Agora é hora de pôr os pés no chão, é hora decair na realidade dos fatos, onde os nossos compromissos de aliança serão testados e desafiados.
 Estaremos dispostos a manter firmes os nossos relacionamentos e compromissos, mesmo quando os perigos e desafios nos confrontarem cara a cara?
 É muito fácil manter uma aliança nos tempos de paz tranquilidade.
 Mas em tempos de guerra, quando seu irmão está enfrentando um problema, quando está em dificuldade, você permanece firme ao seu lado?
 Esta não tem sido uma característica dos nossos dias. 
Nossa geração tem produzido pessoas que não respeitam alianças e compromissos, pessoas que não entendem a natureza da lealdade, pessoas que venderiam seus companheiros em troca de uma posição política ou de uma vantagem pessoal!
Mas Deus está trazendo à existência uma sociedade transformada um governo moral, Depois do Juízo final, os justos, que são separados dos ímpios e dos injustos, reinarão com Cristo para sempre, glorificados em corpo e alma, e o próprio universo material será transformado. Então Deus será "tudo em todos" (1 Cor 15,28)
 Em Números 23.19 diz: “Deus não é homem, para que minta, nem filho do homem, para que se arrependa
 Porque ele sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder (Hb 1.3)!
E se aquela palavra não for uma palavra pura, se não for uma palavra testada, se não for uma palavra de veracidade e integridade, então todo o universo desmoronaria. Mas atrás deste universo há uma palavra, e é a palavra de Deus que não pode mentir!
Ela sustenta o universo, e sustenta o homem que se ampara firmemente nela. E Deus há de confirmar a sua integridade ao mesmo tempo em que você confirma a integridade divina.
Deus está trazendo à existência uma sociedade transformada um governo moral, Depois do Juízo final, os justos, que são separados dos ímpios e dos injustos, reinarão com Cristo para sempre, glorificados em corpo e alma, e o próprio universo material será transformado. Então Deus será "tudo em todos" (1 Cor 15,28)
 em Números 23.19 diz: “Deus não é homem, para que minta, nem filho do homem, para que se arrependa
Vemos em I Samuel 20.8: “Usa, pois, de misericórdia para com o teu servo, porque lhe fizeste entrar contigo em aliança no Senhor. ” Davi está lembrando a Jônatas que eles estão numa aliança no Senhor.
 Que o Senhor está vigiando onde o Senhor participa desta aliança.
 Não se tratava apenas de uma combinação humana. Eles precisavam se relacionar com integridade.
Davi tinha certeza que Saul queria matá-lo.

 Jônatas não acreditava nisto, mas estava começando a desconfiar que fosse verdade.
 Então para proteger Davi do seu pai, disse-lhe: “Vem e saiamos ao campo.
E saíram e disse Jônatas a Davi: o Senhor, Deus de Israel, seja testemunha. (Percebemos aqui outra vez a participação de Deus nesta aliança.) Amanhã, ou depois de amanhã, a estas horas sondarei a meu pai; se algo houver favorável a Davi, eu te mandarei dizer. Mas se meu pai quiser fazer-te mal, faça com Jônatas o Senhor o que a este aprouver, se não te fizer saber eu”
 (I Sm 20.11-13). 

Podemos observar uma coisa aqui dá a impressão que não houve perfeita confiança um no outro.
Mas creio que as palavras registradas em Mateus 18 vão ressoar na igreja hoje como uma das mensagens principais desta hora. Diz aí que se o seu irmão pecar contra você, vá a ele repreenda-o, e se ele se arrepender, perdoe-lhe
 (Lc 17.3).
 Nós temos falhado nesta nossa responsabilidade de confrontar uns aos outros com amor para lembrar nosso irmão da natureza do relacionamento que existe entre nós.
E por isso que decidi escrever sobre este assunto tão mal interpretado que produz o erro entre as pessoas. Prosseguindo-o estudo vemos Jônatas dizer a Davi: “Se meu pai quiser fazer-te mal.
 Faça com Jônatas o Senhor o que a este aprouver, se não o fizer saber eu, e não te deixar ir embora, para que sigas em paz” (I Sm 20.13).
Ele estava dizendo a Davi: “Se tudo estiver bem na minha casa, e meu pai não tiver intenção de matá-lo, então enviarei um mensageiro e você pode voltar como se nada tivesse acontecido. Mas se houver um plano de lhe fazer mal.
Vemos aqui o cumprimento de uma aliança.
Essa aliança de Davi com Jônatas era tão intimamente ligada ao seu,
Relacionamento com Deus, que quando ele cumpriu a sua parte nesta
Aliança, ele falou que estava usando a “bondade de Deus”.
 Portanto, eles sabiam muito bem o que estavam fazendo um compromisso além dos interesses políticos da época.
 Creio que nós temos a desvantagem de não compreendermos a natureza de uma aliança. Pois vivemos em uma sociedade corrompida e sem valores morais.
 Então para esclarecer aos que não souberam interpretar este texto e aos que querem destorcer a bíblia a favorecimento do movimento LGBT segue os três tipos mais conhecidos de amor humano:
 Amor Ágape
É uma das diferentes palavras do vocabulário grego que significa amor. O termo já foi utilizado de várias maneiras diferentes por diversas fontes contemporâneas, inclusive em versículos bíblicos. O amor ágape está muito ligado ao amor divino, incondicional e com sacrifício. Embora muitas pessoas não saibam, ele também pode ser praticado por humanos, mas em grau inferior devido a imperfeição e limitação humana. Ele é o amor afetivo, isento de conotações sexuais, segundas intenções, malícias e interesses pessoais.
Amor Philos
Amor Philos é o amor fraternal, que envolve lealdade, igualdade e mútuo benefício, além de dedicação ao objeto amado. A dedicação desse amor pode chegar a ser mental, que está entre o espiritual e emocional. É o caso do amor pela sabedoria, que pode ser um meio de crescimento mental, intelectual e cultural. Esse tipo de amor se manifesta pela inquietude interior que impulsiona o ser humano a buscar uma sabedoria que o torará maior, mais nobre e digno de ser amado. Além disso, se manifesta como prazer pelo conhecimentos e cultura.
Esse amor também se refere ao amor de amizade, que não monopoliza, não escraviza e não cria dependentes, quando se ama o outro da forma que ele é. Para o filósofo grego Epicuro, a amizade é o máximo que a sabedoria da felicidade pode proporcionar na vida.
Amor Eros
O amor Eros representa o amor sexual, carnal, repleto de paixões inebriantes, a pura atração física, que manifesta o instinto de união e reprodução. Eros representa o amor pela beleza e a perigosa obsessão pelo amado e o prazer que ele traz. É o amor fundamental para a natureza, pois é a força primitiva da procriação e preservação da espécie. Eros é o tipo de amor mais perigoso dos três, pois se não vivido de forma equilibrada com Ágape e Philos pode trazer muita dor.
Na Bíblia Sagrada este é amor erótico é um presente que Deus concedeu ao ser humano e pode ser vivido de forma sadia quando o homem integra, unifica corpo e alma.
Para um amor bonito, romântico e sensual, Eros devem unir-se com Ágape, formando assim um amor de reciprocidade e desejo mútuo um pelo outro. Deste modo pode se perceber que o sentimento que se via entre Davi e Jonatas era um sentimento de profunda amizade e temor a Deus o fato descrito em:
1Sm 20:41 ‘ Depois que o menino se foi, Davi saiu do lado sul da pedra e inclinou-se três vezes perante Jônatas, com o rosto no chão. Então se despediram beijando um ao outro e chorando; Davi chorou ainda mais do que Jônatas”.
Esse versículo mostra uma típica despedida de dois irmãos e a emoção não poderia ser diferente tendo em vista, eles saberem que um dos dois seria morto e não só por este motivo, mas por força da cultura da região, pois até hoje vemos o povo do Oriente Médio O beijo público entre casais é proibido. Mas o beijo entre homens, como comprimento, é permitido.
Certamente pessoas com mentes fracas podem tentar distorcer a bíblia, mas nem mesmo a história e os costumes dos povos aceita tais coisas.
Mas o mais grave é que tais pessoas que tentam mostrar algo que não existe na Bíblia não conhecem o peso e a responsabilidade que esta tomando para si ao fazer tais afirmações, pois está escrito: Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido. Mateus 5:18 .



Na verdade, isso tudo não passa de um plano uma tentativa do inimigo de nossa alma de destruir os planos de Deus para a humanidade como no passado ele tentou com Adão e Eva e viu que não teve sucesso continua a tentar denegrir a imagem do ser humano.
Com este objetivo ele tem despertado no ser Humano tais sentimentos confusos digo isso, pois vejo que é bem claro o propósito de satanás contra o Homem e a mulher, muitas vezes o ser humano confunde o fato de sentir uma ligação tão forte com um amigo ou, amiga que na verdade é a forma de amor ágape este e é o amor afetivo, isento de conotações sexuais, segundas intenções, malícias e interesses pessoais.
Mas sabendo que o ser Humano não tem plena consciência que é capaz de desenvolver tal sentimento o inimigo se prevalece para incitar o ser humano
O amor por um amigo é como o amor por um irmão ou filho é inenarrável algo tão forte que chega a ser maior que o de uma namorada, pois é em sua essência um amor sem trocas sem expectativas físicas é apenas amor, preocupação é o tipo de amizade que se cuidada e preservada como deve ser sempre dura para o resto de nossas vidas.
Digo isso por experiência própria, pois tenho alguns amigos assim um deles em especial é mais que irmão a ponto de ser meu padrinho de casamento é como diz a letra da musica da  cantora Fernanda Brum Amigo é muito mais do que alguém pra conversar ou alguém pra abraçar
Amigo é uma bênção Que vem do coração de Deus Pra gente cuidar.
Com o tempo, passei a entender que não interessa o que a pessoa é, ou o que ela faz o que sente como ela reage ou coisa parecida. A única coisa que importa é que ela nos completa de alguma forma. É para essa missão que ela existe, para não nos deixar incompletos.
Passei a agradecer a Deus mais ainda quando Ele me entregou em mãos esses tais anjos, pessoas que vieram do céu. Que irei levar para o resto da vida em meu coração aonde quer que eu vá.
Amigos são tão raros que se consagram, tão importantes que não se esquecem, tão fortes que protegem, tão solidários que se esquecem de si mesmos que não esteja tão próximo são tão amigos que se eternizam.
Por isso que na bíblia está escrito: “Como o óleo e o perfume alegram o coração, assim, o amigo encontra doçura no conselho cordial.” Provérbios 27.9
Creio que esta bem claro que não tem nenhuma verdade nesta tese absurda que os simpatizantes do GLS inventaram sobre Davi e Jonatas sendo assim vamos meditar em: Romanos 1:25-32
 Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

 Espero que Deus venha a dar o discernimento para que possas entender a verdade sobre o amor .


quarta-feira, 16 de março de 2016

†Subsídios EBD: Lição 1 – A Epístola aos Romanos

†Subsídios EBD: Lição 1 – A Epístola aos Romanos: 3 de Abril de 2016 Texto "Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus paro salvação de todo aquele q...

Lição 11- O Juízo Final

Lição 11- O Juízo Final

Como se dará o julgamento final?

Como se dará o julgamento final?
O Julgamento Final terá início logo após o Milênio. O Apocalipse mostra que, terminados os mil anos, Satanás será temporariamente solto, e sairá a seduzir as nações, buscando induzi-las a se revoltarem contra o Cristo de Deus. Mas eis que sairá fogo do céu, e destruirá por completo os que se houverem levantado contra o Senhor (Ap 20.7-10).

Em seguida, terá início o Julgamento Final, que o Livro de Apocalipse descreve de forma vívida:

“E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. 
E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo” (Ap 20.11-15).http://sub-ebd.blogspot.com.br/2015/12/como-se-dara-o-julgamento-final.html